domingo, 9 de outubro de 2011

As gémeas no Colégio de Santa Clara

Autor:
Enid Blyton, nasceu a 11 de agosto de 1897 (114 anos) e faleceu a 28 de Novembro de 1968. Nasceu num pequeno andar sobre uma loja em Lordship Lane, zona Este de Dulwich em Londres. Com alguns meses de idade a sua família mudou-se para Beckenham em Kent. Local onde Enid e os seus irmãos, Hanly e Carcey passaram a sua infância. Hoje Beckenham é uma cidade ativa, mas no século passado foi uma localidade calma e rural.
Enid foi uma apreciadora da história natural e sempre recordava os passeios que fazia com o seu pai Thomas Blyton. Ele ensinou-a tudo sobre a natureza, animais, insetos, aves e plantas, que viviam nos campos em volta da sua casa. O seu entusiasmo pelo estudo da natureza foi muito importante para o resto da sua vida. Aplicou muitos dos conhecimentos que adquiriu nos seus livros, histórias, poemas e artigos.
Algumas obras
  • è  A aventura na ilha
  • è A ilha secreta
  • è O mar encantado
  • è O mistério da casa da neve
  • è Os cinco



Resumo:
O primeiro volume desta coleção passa-se no Colégio de Santa Clara. As irmãs Isabel e Patrícia O'Sullivan foram para o colégio muito contrariadas, pois não queriam separar-se das suas melhores amigas. Desejavam continuar no mesmo Colégio onde estavam. Logo de início, detestaram o ambiente e o severo regulamento que as obrigava até a fazer as suas camas. Ficaram tão zangadas que resolveram mostrar a todas as colegas, que não eram para brincadeiras. No entanto, nem sabem o que as espera. As colegas consideravam-nas vaidosas e começaram a pregar-lhes muitas partidas cheias de humor.
Elas, no Colégio de Santa Clara tinham de acender o braseiro, fazer torradas e limpar as botas às mais velhas. As gémeas detestavam que as outras alunas mais velhas as mandassem fazer trabalhos. Elas nunca o tinham feito vez nenhuma e não sabiam fazer esses trabalhos.
Passados alguns dias, após a sua chegada, começaram a gostar de lá estar e fizeram amizade com algumas outras alunas. Deixaram de ser vaidosas como as alunas as achavam.
Uma noite foram convidadas para uma ceia secreta onde iriam festejar o aniversário da Joana.
Já quase no final do 1ºPeríodo começaram a organizar a festa de Natal. Escolheram os números que iriam participar no espetáculo e começaram a preparar tudo ao pormenor.
As alunas andavam numa agitação enorme, desejosas que chegasse a grande noite.
Ensaiaram, ensaiaram, até que finalmente chegou a grande noite.
Estavam tão contentes porque estavam quase a atuar, mas também tristes porque no dia seguinte iriam voltar para casa. Só voltariam ao colégio depois das férias de Natal.
Passou-se a noite e o espetáculo acabou, elas estavam muito cansadas e foram para o dormitório dormir.

No dia seguinte despediram-se umas das outras e foram para casa.





Opinião:
Esta história não é muito atual pelo facto de poucos alunos pertencerem a colégios internos.
No entanto, é uma história cheia de aventura, diversão e um pouco de mistério ao mesmo tempo. Aconselho toda a gente a ler. Penso que vão gostar das brincadeiras das personagens e talvez até sonharem um pouco em conseguir participar nas mesmas. Todos sabemos que “partidas” é o que todos os adolescentes gostam de inventar.
É um livro muito bom. Foi escrito em 1941, o que só beneficia o conteúdo e o relevo da história, por Enid Blyton e traduzido por Susana Ferreira e Bárbara Soares. A sua editora é a “Oficina do Livro”.



5 comentários:

  1. Adoro a coléção e tento ler todos os livros

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também tento ler todos os livros, nas Férias do Verão é quando leio mais, como tenho a coleção toda leio sempre vários livros...

      Eliminar
  2. eu li a história e realmente é magnifica??!!!
    beijinhos a quem me deu iniciativa pra eu ler a historia..!!!

    ResponderEliminar
  3. qual a idade recomendada para a leitura deste livro???

    ResponderEliminar